Projecto de Resolução apresentado pelo PCP na Assembleia da República que defendia a abolição das portagens foi rejeitado com os votos contra do PSD, CDS e PS

Imprimir
Criado em sexta, 24 julho 2015, 13:55

No último plenprticosário (22 de Julho) da AR nesta legislatura um conjunto de projectos de resolução foram votados, entre eles o do PCP que defendia a abolição de portagens na A23, tendo sido rejeitado pelo PSD, CDS e PS. Mais uma vez se confirma as opções políticas daqueles que têm conduzido os destinos do País e do Povo. Politicas que têm contribuído para o empobrecimento, a destruição do aparelho produtivo, o desemprego e precariedade, a emigração, o despovoamento e a desertificação do interior.

Vivemos num momento em que é determinante eleger deputados que defendam o povo e o país, o desenvolvimento regional, as melhores condições de vida no plano laboral, social e económico, a aposta na produção, no emprego com direitos, nos serviços públicos, na valorização dos trabalhadores, dos seus rendimentos, dos reformados e pensionistas, numa politica fiscal justa e na defesa da soberania nacional.

É necessário eleger deputados que rompam com este caminho de declínio e trabalhem para o povo e o país. É necessário castigar aqueles que ao longo de 39 anos, PS, PSD e CDS têm construído este país submisso aos grandes interesses e de costas voltadas para o seu povo e as suas potencialidades.

A DORCB do PCP continua a defender e a considerar que é possível combater as concessões milionárias como das Scut´s, abolir as portagens e colocar a A23 ao serviço da região e não mais um obstáculo aos micro, pequenos e médios empresários, aos serviços e trabalhadores da região. PS iniciou o processo das portagens, PSD e CDS conclui. As gentes da região precisam que se acabe com estas portagens. Podem contar com o PCP e a CDU para continuar esse combate e essa exigência.

 

2018 Organização Regional de Castelo Branco do PCP | www.pcp.pt | Joomla Templates Free.