A CDU NA DEFESA DO MUNDO RURAL

Imprimir
Criado em terça, 14 maio 2019, 16:49

 

A candidata da CDU ao Parlamento Europeu, Laura Tarrafa, visitou o Mercado do Fundão com o objectivo de contactar com produtores agrícolas. A candidata da CDU, cuja actividade profissional está ligada ao Sector Agrícola, sublinhou as várias acções e visitas dos Deputados do PCP no Parlamento Europeu, durante o último mandato, que abordaram as questões do desenvolvimento agrícola e florestal do Distrito de Castelo Branco.

Entre outras visitas, dedicadas aos mais diversos sectores de actividade, os deputados do PCP contactaram com a Associação Distrital de Agricultores de Castelo Branco, produtores de cereja na freguesia de Alcaide no Fundão, reuniram com a Adega Cooperativa do Fundão, com Associação de desenvolvimento Pinus Verde, com Associação de produtores florestais Rio Ocreza na Palhota, com Associação de produtores florestais(AFLOBEI) e com Conselhos Directivos de baldios em Cortes Meio.

Esta actividade decorreu do entendimento que a aposta na agricultura e na floresta é fundamental para o desenvolvimento socioeconómico da região.

As políticas agrícolas europeia e nacional têm levado à liquidação de explorações, de estruturas associativas e à degradação da situação económica dos pequenos agricultores que são confrontados com crescentes dificuldades no escoamento dos seus produtos a preços compensatórios, ao esmagamento de preços impostos pelas grandes cadeias de distribuição e ao aumento brutal dos custos como os combustíveis, taxas e juros bancários.

A Floresta sustentável ainda não passou do papel. Questões fulcrais como o cadastro, o emparcelamento ou a prevenção estrutural da floresta continuam a ser uma miragem no interior do país. As candidaturas aos apoios ao investimento não são aprovadas por falta de verbas e as equipas de sapadores continuam a ser muito insuficientes face às necessidades no terreno.

Reforçar a CDU será reforçar a capacidade de aprofundar o trabalho desenvolvido e a luta em defesa da Agricultura Familiar, das estruturas públicas de apoio ao sector; em defesa da criação do regadio a sul da Gardunha, sob a responsabilidade da administração central; pela valorização da floresta, defendendo uma floresta não intensiva e os baldios; pelo ordenamento florestal, reforçando as equipas de sapadores florestais e o corpo de guardas florestais.

Reforçar a CDU é reforçar a luta pelo combate ao despovoamento, a luta pelo emprego, investimento público e serviços públicos.

2019 Organização Regional de Castelo Branco do PCP | www.pcp.pt | Joomla Templates Free.